Todas as maravilhas de que precisas estão dentro de ti. A primeira e pior de todas as fraudes é enganar-se a si mesmo. Depois disto, todo o pecado é fácil.

30
Mai 08

É como acordar desvairada e perder o chão, estarei realmente acordada? Ou no meio de um pesadelo negro escuro um labirinto.

Eu corro procuro saídas mas todas elas me levam a corredores escuros e húmidos um mais comprido do que o outro.

Ao longe ouço vozes riem-se de mim... Parece que gargalham a minha passagem aponta-me o dedo.

-É ela, é aquela. -Olha para ela...

Eu corro e com as mãos tapo os ouvidos mas as vozes perseguem-me agora com rosto e de dedo em riste e continuam a rir um sorriso de escárnio e dizem em tom acusador: é ela... é ela.

Corro o mais rápido que posso e fico sem saída acabam os corredores labirínticos encontro-me agora numa sala com varias saídas, penso rápido escolho uma das portas mas é tarde de mais.

Uma a uma as entradas vão ficando ocupadas por eles donos daqueles sorrisos de escárnio de dedos acusadores um a um vão se aproximando empurram-me para o cento fazendo um circulo a minha volta..

De dedo em riste o cerco vai se fechado encolho-me não de medo mas de...raiva e indignação pergunto-me mentalmente porque???

Nada, nem uma resposta ... Apenas as gargalhas maléficas torturantes.

Pela primeira vez solto um grito magoado.

-PORQUE??? -Digam-me porque???

Como todos os cobardes o bando de "abutres" calou-se...

Porque agem em grupo e nem saberem porque.

Preconceituosas toupeiras arrogantes que agem como manadas e perante uma pergunta frontal não têm resposta.

Acordei...

"A diferença entre os corajosos e os cobardes é esta: os primeiros reconhecem o perigo e não sentem medo, os segundos sentem medo sem reconhecer o perigo "

publicado por Divine às 16:10

Será que há maldade na loucura?

A vida sem loucura… não seria vazia de tão triste..?

E os lúcidos são mais felizes?

Ou seriam se fossem lúdicos...

Nós loucos somos amorais...?

Eles convencionam padrões

Com violência e guerras "sãs"

Citam palavras, falam de liberdade,

que a sociedade nos tirou

Religião e bons costumes

E a vida continua...

Nós loucos o que temos??

Uma alegria de viver

Uma louca paz

Ou uma louca alegria..

Ou uma capacidade infinita de sonhar..?

 

 

publicado por Divine às 13:41

29
Mai 08

Gosto particularmente de pés

Sinceramente, adoro pés!

E existem pés muito bonitos e sexy.

Perguntar porque é uma pergunta idiota, eu gosto e pronto.

Entre os vários atributos físicos de um homem eu gosto de pés.

Gosto do toque do formato enfim... é fetiche ou o que lhe quiserem chamar.

 

Gosto de ver umas mãos bonitas e bem tratadas, com unhas limpas, gosto de um bonito sorriso, de um olhar...

Mas os pés tem um toque especial..

Diz-se que os olhos são o espelho da alma, pode ser,...são os pés que me encantam...e a imaginação faz o resto.

Existem pés que são um verdadeiro tesão.

 

publicado por Divine às 15:26
tags: , , ,

26
Mai 08

Estou novamente aqui.
Sozinha neste lugar vazio.
Está cheio de pessoas.
Conhecidos ou não, estão todas muito distantes.
Não consigo chegar até elas.
Está muito frio aqui.
Esta noite gelada é apenas mais uma de tantas outras.
Olho para o lado: vejo muito e não vejo nada.
Por que está tão frio aqui?
Tentei me esquentar perto do fogo e com casacos bem quentes.
Mas não consigo.
Ainda está frio. Aqui dentro.
Meu coração precisa de sonho

Do seu calor dos sonhos

Precisa de ti.

Eu preciso de sonhar

Fecho os olhos e tento imaginar-te  aqui.
Mas quando os abro, lembro-me de que já não existes

Perdi-te e não sei se te vou voltar a encontrar a minha alma  foi contigo.

Só o meu corpo ainda resta, mas sem sonhar.
Por isso está tão frio, estou vazia de sonhos

Partiste levaste contigo a minha vida, o meu amor, a minha alma, o meu viver.
Não vivo mais. Apenas existo.
Todas as noites me pergunto:
Por quê?
Por que deixei de sonhar e fiquei aqui?
Por quê?

Talvez nunca saberei.
Vou continuar aqui.
Sozinha neste lugar vazio.
Estou cansada de não sonhar

Já tentei procurar por ti sonhar.., mas sempre fui medrosa.
Tenho medo de... não sei, apenas tenho medo.
Este foi um dos poucos sentimentos que me restaram: medo ..
Estou cansada disso, mas não tenho coragem de mudar.
Ficarei por aqui, sozinha neste frio.
Talvez um dia possa voltar a sonhar

Então, enfim, poderei me aquecer e acabar com este frio.
De uma vez por todas,p
ara sempre.

Porque sonho, tu vais voltar e eu vou voltar a sonhar

publicado por Divine às 23:28
tags: , , , ,

Mais uma vez pensamentos tristes assombram meu ser.

Há horas que me dá vontade de desistir de deixar tudo para trás e começar de novo, mas como começar de novo com um passado tão grande?
Há momentos em que os sonhos parecem ficar cada vez mais longe, ao invés de se  aproximar.

Daí eu me pergunto: Foi algo que eu fiz de errado? Foi algo que eu deixei de fazer? Com certeza são todas elas.

A todo momento fazemos algo de errado mesmo que inconsciente.

Uma vez ouvi em um  filme que “o que fazemos  é o que o caracteriza como pessoa”, Mas e daí, como classificar actos que se tornarão tão comuns em relação  à sociedade. Não será algo que todos fazem?

Ou seria fazer o que cada um ache que é certo?

Ou seja, com os seus próprios princípios. Quem será que pode responder a questões como estas.
Qual seria o nosso papel aqui na Terra?

Será que cada um tem um papel a representar?

Alguém sabe responder !??

publicado por Divine às 23:17

Como o ilustre conquistador espanhol, eu queimei os barcos após o desembarque para chegar às duas opções: conquistar ou morrer.
Agora vivo dias de relativa paz, embora os inimigos conquitados persistem em despontar algumas rebeliões lacônicas, umas fracas, mas outras que já puseram em check minha determinação. Contudo me apego às lembranças da sangrenta batalha para que meus olhos possam enxergar a posição bem vantajosa em que me encontro.
Hoje não creio desfrutar dos louros da vitória em sua plenitude, mas tenho esperança que viverei, em breve, meus dias de glória. Se não alcançá-los, pelo menos valeu a derrota do meu (até então) pior inimigo.

publicado por Divine às 14:33

25
Mai 08

Se todos nós fizéssemos as coisas de que somos capazes, iríamos literalmente espantar a nós mesmos.
Nada de esplêndido jamais foi realizado, exceto por aqueles que ousaram acreditar que algo dentro deles era superior às circunstâncias.

T.H


E se Deus for um de nós, tão comum quanto um de nós, caminhando ao  sol, no meio da multidão?
Como seria?

Se Deus tivesse um nome como se chamaria?
E se ele aparecesse na tua porta para te pedir uns trocos?
Negarias  e olhavas para outro lado?
Se Deus falasse que língua falaria?
E se tivesse face que cor ele seria?
E se te  desse a chance defazer uma pergunta o que tu perguntarias?
E se deus fosse uma mulher???
 

publicado por Divine às 23:44

Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

27
28
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Arquivo Morto
2012

2011

2010

2009

2008

online
comentários recentes
Olá, será que me consegue explicar porque que é pe...
Olá Paula gostei muito de ler este post.Beijinhos ...
Olá doce amiga.Há um diálogo constante, dentro de ...
Divine.Em qual traseira bateu o destravadopor ment...
Divine.Que bem me sinto neste lugar! No meio da te...
E que triste que deve ser, não é? :)
Há quem viva para sempre na escuridão, sem nunca c...
Não chateias nada e existem pormenores com muita i...
Muito bom post. Muito Murakami também.Não queria c...
Divinevisita o meu blogs e se possível lê "Festa"...
eXTReMe Tracker
eu e algo mais!!
pesquisar
 
blogs SAPO